quarta-feira, 10 de maio de 2017

Jovens criam projeto cultural para resgatar pontos turísticos de Ceilândia

 

 


 


segunda-feira, 20 de março de 2017

Orla Livre

Cidades Limpas vistoria 22 mil imóveis para combater a dengue

Força-tarefa do governo de Brasília inclui também roçagem de gramados, entre outras ações para melhorar o ambiente urbano. Nesta segunda (20), programa voltou a Ceilândia para nova etapa



A frente de combate do Cidades Limpas ao mosquito Aedes aegypti — transmissor da dengue, da febre chikungunya e do zika vírus vistoriou 22.035 casas e lojas desde novembro, quando o programa foi lançado.



Nesta segunda-feira (20), o programa Cidades Limpas voltou a Ceilândia com ações de limpeza, conservação e revitalização do ambiente urbano
Nesta segunda-feira (20), o programa Cidades Limpas voltou a Ceilândia com ações de limpeza, conservação e revitalização do ambiente urbano. Foto: Eurípedes Souto/Secretaria das Cidades

Nesta segunda-feira (20), a força-tarefa de limpeza, conservação e revitalização do governo de Brasília volta pela segunda vez a Ceilândia, onde fica até 31 de março.
Presente no lançamento, o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, destacou alguns resultados positivos. “Aqui em Ceilândia, tivemos uma redução de 97% dos casos de dengue, zika e chikungunya nos dois meses iniciais do ano”, exemplificou o governador. “Certamente, parte disso é em função desse esforço coletivo que estamos fazendo.”
O Cidades Limpas articula diversos órgãos de governo e empresas públicas para promover uma melhoria imediata no ambiente urbano. O secretário das Cidades, Marcos Dantas, também ressaltou números importantes do programa desde o início.
“Recolhemos 26 mil toneladas de lixo e entulho [resto de construção e inservíveis], e graças a essa ação coordenada foi possível visitar esses 22 mil imóveis para fazer a educação ambiental”.

26 mil Toneladas de lixo e entulho recolhidos pelo Cidades Limpas desde novembro de 2016
Nas inspeções, os responsáveis pelos imóveis são orientados a retirar pertences dos quais queiram se desfazer, como móveis velhos e eletrodomésticos quebrados. Em seguida, a Administração Regional de Ceilândia dará o encaminhamento correto aos bens dispensados. Para isso, contará com o apoio da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) e do Serviço de Limpeza Urbana (SLU).
Além das 25.976 toneladas de resíduos removidas, foram recolhidas 42 carcaças de veículos, pintados 54 mil metros lineares de meios-fios, desobstruídos 2.356 metros de redes de água pluvial e podadas 2.909 árvores.
Os trabalhos incluem ainda poda, roçagem de gramado, recuperação de sinalização de trânsito, substituição de lâmpadas queimadas, limpeza e manutenção de bocas de lobo e serviços de tapa-buracos.
A Secretaria das Cidades estima que cerca de 340 pessoas participarão da força-tarefa, entre servidores públicos e funcionários de empresas privadas que têm contratos com o governo.
A primeira vez que os trabalhos foram feitos na maior região administrativa do Distrito Federal foi em dezembro de 2016. Agora, na décima edição do programa, as ações, coordenadas pela Secretaria das Cidades, ocorrerão na área central. As equipes estarão nos Setores O, P Norte, P Sul, Guariroba e Expansão do Setor O.

Identidade Solidária fará parte do programa


A partir desta edição, a Polícia Civil do Distrito Federal passa a integrar o Cidades Limpas com o programa da corporação Identidade Solidária.



Governador Rodrigo Rollemberg participou do lançamento da 10ª edição do Cidades Limpas, que, a partir de agora, terá posto móvel da Polícia Civil
Governador Rodrigo Rollemberg participou do lançamento da 10ª edição do Cidades Limpas, que, a partir de agora, terá posto móvel da Polícia Civil. Foto: Tony Winston/Agência Brasília


Em um posto móvel, os moradores poderão solicitar primeira e segunda vias da carteira de identidade e agendar a emissão para outros lugares.

Em Ceilândia, o ônibus estará amanhã (21) na Casa do Cantador (QNN 32, Área Especial, Ceilândia Sul), das 9 às 16 horas, e seguirá depois para diferentes locais da região. O atendimento será por ordem de chegada.

O programa Cidades Limpas já passou por Brazlândia (duas vezes), pela Estrutural, pelo Gama, pelo Itapoã, pelo Paranoá, por Planaltina e por São Sebastião. Na etapa anterior de Ceilândia, a força-tarefa percorreu a QNQ, a QNR, o Setor O, a Expansão do Setor O, o Condomínio Privê, o Setor de Indústrias e o Setor de Material de Construção.

domingo, 19 de março de 2017

Cidades Limpas volta a Ceilândia em décima ação do programa

De segunda (20) a 31 de março, força-tarefa coordenada pela Secretaria das Cidades atuará nos Setores O, P Norte, P Sul, Guariroba e Expansão do Setor O
Da Agência Brasília, com informações da Secretaria das Cidades


A força-tarefa de limpeza, conservação e revitalização promovida pelo governo de Brasília atuará novamente em Ceilândia — maior região administrativa do Distrito Federal — de 20 a 31 de março. O lançamento da décima operação do programa Cidades Limpas será às 9 horas de segunda-feira (20), na Praça do Trabalhador (ao lado da administração regional).

Desta vez, as ações, coordenadas pela Secretaria das Cidades, ocorrerão na área central. As equipes estarão nos Setores O, P Norte, P Sul, Guariroba e Expansão do Setor O. Essa é a segunda vez que os trabalhos são feitos em Ceilândia.

Lançado em novembro de 2016, o Cidades Limpas consiste em uma articulação entre diferentes órgãos de governo e empresas públicas para promover uma melhoria imediata no ambiente urbano.

Entre os serviços executados estão: retirada de entulho e de lixo despejados inadequadamente, poda de árvores, roçagem em áreas públicas, revitalização da sinalização de trânsito, recuperação da iluminação pública e operações tapa-buraco.
Polícia Civil participa com posto móvel na Casa do Cantador

Uma novidade desta edição do Cidades Limpas é a inclusão da Polícia Civil entre os órgãos que participam da força-tarefa. A corporação estará com um posto móvel instalado na Casa do Cantador, entre o P Sul e a Guariroba, para fornecer identidade social aos moradores.
Combate ao mosquito transmissor da dengue

O programa também conta com uma frente de combate ao mosquito Aedes aegypti e outros vetores de doenças. Agentes de Vigilância Ambiental e integrantes do Corpo de Bombeiros Militar fazem vistorias em imóveis em busca de focos ou de possíveis reservatórios para o desenvolvimento das larvas do inseto que transmite a dengue, a chikungunya e o zika vírus.

Durante as vistorias, os moradores são orientados a retirar de casa os inservíveis — móveis velhos, eletrodomésticos quebrados e outros pertences dos quais queiram se desfazer. Em seguida, a Administração Regional de Ceilândia dá o encaminhamento correto aos bens dispensados, com o apoio da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) e do Serviço de Limpeza Urbana (SLU).

Além da Secretaria das Cidades, da Administração Regional de Ceilândia, da Polícia Civil, da Novacap, do Corpo de Bombeiros Militar e do SLU, integram a ação a Agência de Fiscalização (Agefis), a Companhia Energética de Brasília (CEB), a Companhia de Desenvolvimento Habitacional (Codhab), a Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb), o Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF), o Departamento de Trânsito (Detran), o Instituto Brasília Ambiental (Ibram), a Polícia Militar e a Subsecretaria de Vigilância em Saúde. Cerca de 340 servidores estão escalados para o trabalho.

O programa Cidades Limpas já passou por Brazlândia (duas vezes), pela Estrutural, pelo Gama, pelo Itapoã, pelo Paranoá, por Planaltina e por São Sebastião. Na etapa anterior de Ceilândia, a força-tarefa percorreu a QNQ, a QNR, o Setor O, a Expansão do Setor O, o Condomínio Privê, o Setor de Indústrias e o Setor de Material de Construção.


Abertura do programa Cidades Limpas em Ceilândia

20 de março (segunda-feira)

Às 9 horas

Na Praça do Trabalhador (ao lado da Administração Regional de Ceilândia)

Sala do Empreendedor na Administração de Ceilândia

Foi inaugurada nesta sexta-feira (17/03), a Sala do Empreendedor, na Administração de Ceilândia. 

Um espaço exclusivo para o atendimento a empreendedores e microempreendedores. A área funciona desde fevereiro e conta com a parceria de técnicos e consultores do SEBRAE. 

Estiveram presentes na inauguração Ana Emília, Analista do SEBRAE, Luiz André, Coordenador do SEBRAE, Marcelo Silva, representante da Secretaria do Trabalho, Sérgio Carvalho, Chefe de gabinete da Administração de Ceilândia e a Deputada Distrital Luzia de Paula (PSB).



SERVIÇOS PRESTADOS

Com um sistema de apoio ao desenvolvimento das micros e pequenas empresas, uma equipe foi disponibilizada para orientações, indicações de cursos, formalização, declarações, alterações de dados, baixa da empresa, impressão de boletos, dentre outros programas, estimulando o empreendedorismo no intuito de ampliar o atendimento na cidade.

Já nesta semana, do dia 20/03 a 24/03 será oferecido, gratuitamente, o curso de Gestão Financeira, das 18h às 22h no auditório da Administração de Ceilândia.

O atendimento da Sala do Empreendedor é de 2ª a 5ª das 09:30h às 16h e na 6ª das 09:30h às 12h

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

ESCOLA EM CEILÂNDIA ADERE À CAMPANHA NACIONAL DE COMBATE AO AEDES AEGYPTI

 Preocupado com proliferação do Aedes aegypti, Natanael Castelo Branco, de 9 anos, estudante do 4º ano, sabe que precisa reservar 15 minutos semanalmente para inspecionar possíveis acúmulos de água em casa. Antônia Cristina Mota Silva, de 9 anos, aluna do 5º ano, reforça que a ideia é mesmo evitar água parada. Eles estão entre os 450 alunos da Escola Classe 15 de Ceilândia que participam da campanha Volta às Aulas sem Mosquito. 

O lançamento da ação de combate ao transmissor da dengue, da febre chikungunya e do zika vírus ocorreu na manhã desta quarta-feira (22). Presente na cerimônia, o governador Rodrigo Rollemberg se mostrou satisfeito com o trabalho que vem sendo desenvolvido na unidade de ensino. “É possível perceber em cada criança a consciência sobre a necessidade de combater o mosquito”, destacou. O chefe do Executivo local acredita que “somente com conscientização, informação e educação venceremos essa guerra”. 



A ação do governo de Brasília em parceria com o Ministério da Saúde tem como objetivo incentivar a comunidade escolar a intensificar medidas de combate ao inseto. O secretário de Saúde do DF, Humberto Fonseca, fez um pedido para as crianças: “Falem para os pais de vocês que, quando esse pessoal de colete marrom [vigilantes ambientais] aparecer, é para deixá-los entrar”. 

O trabalho hoje começou com apresentações artísticas, seguiu com instruções para erradicação do inseto (dadas pelos próprios estudantes) e terminou com uma inspeção na escola por agentes da Vigilância Ambiental e bombeiros militares. Eles foram acompanhados pelos alunos e pelo governador Rollemberg. Outras 111 escolas de Ceilândia também receberão a visita a partir de 3 de março. O objetivo é atingir toda a rede pública de ensino. 

Caso sejam encontrados focos do mosquito, serão aplicados biolarvicidas. Há, ainda, 155 armadilhas destinadas somente para Ceilândia. Para todo o Distrito Federal são cerca de 3 mil. 

Ceilândia é uma das regiões administrativas com maior incidência de dengue. Foram registrados 17 casos da doença neste ano. De uma maneira geral, Brasília teve queda de 93% no número de casos confirmados nas seis primeiras semanas de 2017 em comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com o Boletim Epidemiológico nº 7, de 2017, foram registrados 325 casos prováveis de dengue. No mesmo período de 2016, foram 4.982. 

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Em ritmo de festa…

Faltam poucos meses para o início da temporada de festas juninas. As quadrilhas de Ceilândia estão em ritmo acelerado com os ensaios dos arrasta pés.
Os ensaios, que começaram em janeiro, duram meses e a preparação dos dançarinos é árdua e contínua. Acontecem, geralmente, sábado e domingo em horários alternados e sempre aberto ao público.
Ceilândia é a região do Distrito Federal com maior número de quadrilhas juninas. As mais tradicionais são: Sanfona Lascada, Mala Véia, Ribuliço, Caipira de fé e a Chamegos do Ó.
As apresentações serão de muita beleza e animação, os quadrilheiros prometem deixar o público radiante e surpreender com fantasias e cenários.


Confira abaixo os locais e horários dos ensaios:
Sanfona Lascada: Escola Parque de Ceilândia, 25/02 às 19h e 26/02 às 17h
Ribuliço: Centro Educacional 15 de Ceilândia, 25/02 às 20h e 26/02 às 18h
Chamegos do O: Centro Educacional 14 de Ceilândia, 26/2 às 09h
Caipira de fé: Centro Cultural de Ceilândia, 26/02 às 18h
Mala veia: Ginásio da Guariroba, 05/03 às 16h

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Palestra

No dia 18 de fevereiro, a partir das 14 horas, a Biblioteca Pública de Ceilândia realizará a palestra sobre “Concurso público: nomeação e posse”, com o advogado e professor Jesus Valentin, no auditório da Administração Regional de Ceilândia.

Para inscrições/informações, ligue: 3372 3150

Apoio: Administração Regional de Ceilândia